Compartilhe essa iniciativa:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Oferta ou furada?!

Com o surgimento da internet, a forma de comprar e consumir mudou. Hoje, em vez de somente pesquisarmos os valores em lojas físicas, shoppings e mercados, que antigamente demandavam mais tempo, conseguimos comparar diversas ofertas com apenas um “clique”. Contudo, junto de diversas oportunidades reais, formas de pagamento e agilidade de entrega, surgem também golpes e fraudes.

MAS O QUE PODEMOS FAZER PARA EVITAR CAIR NESSAS FRAUDES
E A TAL OFERTA NÃO SE TORNAR UMA “DOR DE CABEÇA”?

MAS O QUE PODEMOS FAZER PARA
EVITAR CAIR NESSAS FRAUDES
E A TAL OFERTA NÃO SE TORNAR
UMA “DOR DE CABEÇA”?

01. Pesquise
a situação
cadastral
da empresa

Antes de efetuar qualquer negociação com uma empresa, consulte sua situação cadastral a partir do CNPJ da empresa no site da Receita Federal. Lá, teremos acesso às informações como endereço físico da instituição e situação cadastral (ativo/ inativo), que garantem a existência da empresa.

02. Pesquise
sobre experiências
de outras pessoas
para/com a empresa

De forma muito rápida, conseguimos na internet avaliações referentes à empresa por meio de depoimentos de clientes relatando suas experiências. Brevemente conseguimos averiguar se a empresa entrega o que promete, se o prazo de entrega está de acordo, se há segurança no pagamento e na cobrança. Informações que asseguram ou não a idoneidade da mesma.

03. Não acredite
em promoções
exageradas ou muito fora
do valor de mercado

Fique de olho em produtos e serviços, e caso um site ofereça o mesmo produto por um valor muito baixo em relação ao que você normalmente vê em suas pesquisas, desconfie! Deve ter algo estranho, certo? Afinal, oportunidades imperdíveis podem,
na verdade, ser golpes.

Pesquisar e desconfiar são as melhores ferramentas para evitar cair em golpes. Muitas vezes, horas a mais de pesquisa garantem uma negociação mais segura,
sem riscos.